Água Purificada: Monitoramento

Água Purificada: Monitoramento

O controle ou monitoramento da qualidade da água defendido pela farmacopeia americana (USP) é resumida em controle inorgânico “on line” de condutividade e do teor de carbono orgânico total (TOC). O monitoramento do TOC abaixo de 500 ppb garante um teor mínimo de substrato para os microrganismos. Como este controle é rigoroso, em contrapartida a USP aceita o controle microbiológico pela técnica “pour plate”.

O monitoramento defendido pela farmacopeia europeia e brasileira, recomenda o controle “on line”, de condutividade, mas não exige controle “on line” de TOC. Estas farmacopeias preconizam a utilização de controle microbiológico através de filtração por membrana.

O TOC acima de 500 ppb (partes por bilhão) indica a presença de substrato ou nutrição para os microrganismos. Quanto maior o número, maior a probabilidade de crescimento dos microrganismos.

Tags: | | |

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe uma resposta